Acontece no D&D

RAMÓN CÁCERES - TRIBUTO A THEON SPANUDIS

30/05/2015

RAMÓN CÁCERES - TRIBUTO A THEON SPANUDIS

Com curadoria de Enock Sacramento,  entra em cartaz na Art Station, mostra que celebra o centenário de nascimento do crítico Theon Spanoudis, um dos maiores entusiastas do artista, expoente do construtivismo.

 

Ramón Cáceres – Tributo a Theon Spanudis é a mostra que marca a abertura oficial da ART STATION no D&D Shopping, em São Paulo, em comemoração aos 55 anos de carreira do artista Ramón Cáceres. A exposição, com curadoria de Enock Sacramento, fica em cartaz entre 30 de maio e 28 de junho, e celebra o centenário de nascimento do crítico de arte Theon Spanudis, que foi um dos mais importantes entusiastas do artista paraguaio, radicado no Brasil desde a década de 70.

Inicialmente figurativa, a pintura de Ramón Cáceres tendeu para a abstração geométrica. Para Theón Spanudis, a produção do artista “é um belo trabalho que se caracteriza pela pureza e singeleza; uma verdadeira poesia da transfiguração artística”. E acrescenta: “As últimas obras de Ramón pessoalmente nos empolgam e nos entusiasmam, como acontecia na década dos 50 com os trabalhos de Volpi que adquiríamos diretamente no Cambuci. Em ambos os casos, uma criatividade inesgotável e uma argúcia discernidora muito aguda que sabe escolher os coloridos significativos, seja nos diálogos ou nas polifonias cromáticas ora mais amenas, ora suaves e líricas, ora mais firmes, decisivamente delineadas e duras”.

Ramon Cáceres nasceu em 1944, em Quiindy,  Paraguai. Depois de estudar pintura e música na Escola de Belas Artes da Universidade Nacional do Paraguai, em Assunção, emigrou para o Brasil,  em 1970, fixando residência em São Paulo.

O artista participou de numerosas exposições coletivas no Brasil e no exterior e realizou dez exposições individuais no Brasil, uma delas no MASP – Museu de Arte de São Paulo -, sendo apresentado por seu então diretor Pietro Maria Bardi. Paralelamente, desenvolveu carreira como restaurador e como cantor, transformando-se, na expressão do maestro  Hermínio Gimenez, “num dos mais altos expoentes, como intérprete, da bela música paraguaia”.

"Ramón enveredou para um construtivismo muito pessoal e sui generis, explorando o tema das bandeiras. Não se trata das bandeirinhas de Alfredo Volpi, que são formas pontudas e agudas, mas sim das bandeiras comuns dos navios e das nações desfraldadas na horizontalidade, levemente onduladas e sulcadas pelos ventos”, declarou o crítico em um dos seus textos, ditados a Bárbara Spanudis e assinado, posteriormente, pelo crítico que foi um dos mais notáveis incentivadores das obras de Alfredo Volpi e de outros artistas de tendência geométrica no Brasil.

Segundo o crítico de arte Enock Sacramento, curador da mostra  Ramón Cáceres – Tributo a Theon Spanudis, “dentre os artistas originários do construtivismo como um todo e do concretismo em particular, no Brasil, Ramón Cáceres ocupa um lugar especial por sua sensibilidade refinada e por sua notável qualidade de harmonizar formas, cores e ritmos na superfície plana”.

Na mostra, o público poderá ver 22 das mais significativas pinturas de Cáceres, em óleo sobre tela. As obras originais estarão à venda na galeria (ou a princípio por atendimento pessoal pelos telefones de contato) com preços que variam entre R$ 5.760 e R$ 13.500. E as gravuras serão vendidas a partir de R$ 900,00. Os originais não serão vendidos via e-commerce, apenas pela galeria ou contato direto com os diretores Karin Aquino e Diego Dolph Johnson, via e-mail ou telefone. 

Galeria Art Station – De 30/05 a 28/06

Vernissage30 de Maio – Sábado as 12horas

Tel.: (11) 99939-3372 e 97107-7656

ENTRADA GRATUITA

Endereço
Av. das Nações Unidas, 12.555, - SP
Telefone: 55 11 3043 9000

Fique por dentro

Receba as novidades por e-mail

Redes sociais

AM4